13.12.15

Diz Que são Gatos Astronautas



A melhor forma de mandar a gataria toda para o espaço será com isto. Não, não sou a pessoa mais indicada para falar de gatos. Já quis ter um, e até me trouxeram dois. Na primeira noite estava embevecido com a parelha mas, a coisa tinha de ser disfarçada. Estava com tanta alergia que tinha de me escapar para o quarto para soltar espirros silenciosos, e depois voltar, como se nada tivesse acontecido. Não foi nada fácil, mas ninguém deu por nada, imagine-se. Surpresa das surpresas, a crise de alergias passou, o meu organismo deve-se ter habituado a tanto germe junto. Ainda assim não duraram mais de um mês lá em casa. Se fosse hoje provavelmente já tinha sido preso e condenado à morte por abandono dos animais. Claro que não os abandonámos assim, sei lá, à beira da estrada... Pronto, tentámos... Mas depois olhámos para trás e não aguentámos tanta crueldade junta. Esta coisa dos animais também me faz alguma confusão, sou sempre levado a fazer uma série de questões. As pessoas dizem que gostam de animais mas têm-nos presos, nos quintais, acorrentados durante, não raras vezes, a vida toda. Quando chega a altura de o relógio biológico dos bichos começarem a funcionar não hesitam um segundo em levá-los aos veterinários para que não possam procriar. Sei até de cães que morreram virgens e não perdiam a oportunidade de tentar satisfazer as necessidades biológicas com a minha perna. Mas depois dizem adorar animais. Em todo o caso, para explicar o desfecho deste acontecimento passado, e ficar bem esclarecido, acabámos por deixar os gatos num quintal. Soubemos depois que tinham sido adoptados por uma senhora fã de gatos, daquelas que tem 200 em casa, o que me levou a ficar satisfeito, pois fico com a satisfação de que puderam desfrutar da sua vida sexual livremente. Em todo o caso contínuo a achar que o mundo se divide em pessoas 'cães' e pessoas 'gatos', e eu dispenso os amigos felinos felpudos. Aposto, até, que o que agora é uma mochila inofensiva que os coloca no papel de astronautas, um dia, não muito distante, será um verdadeiro foguetão para os enviar a todos para outro planeta.


Sem comentários:

Enviar um comentário