20.3.16

Chamem o camião das mudanças


Se gostam tanto de Londres, como eu, isto é de ficar embevecido a olhar, completamente vidrado neste trabalho dos arquitectos Cousins&Cousins. A casa, já se sabe, típica na atmosfera Vitoriana que ainda hoje se respira por toda a capital londrina. De um tempo puritano e, ao mesmo tempo, profundamente decadentista, nada como abraçar o contemporâneo. Pronto, já não invento mais. O resultado? Vidraças imponentes, o descerrar das janelas e a entrada de luz natural em grande. Funciona bem a conjugação de estilos, não funciona? Já se sabe que o tempo é uma grande treta mas juro que a viver aqui estava-me completamente nas tintas para o microclima aborrecido e rabugento. Até podia passar os dias a ver chover que, por certo, eu estaria a ouvir musica clássica e a ler assim um livro à lá Brontë, de pernas abertas na lareira. Já para não falar naquelas bolachas com manteiga que um tipo até revira os olhos e, evidentemente, a bebericar o chá das 5, que coisa mais amaricada que isso não há.







via: ignant


1 comentário:

  1. Sou fã dessa combinação de estilos! E a sala de jantar com as janelas grandes fica de sonho :)

    ResponderEliminar