14.4.16

Adam Lambert e Sam Smith na maior safadeza

Queria escrever algo útil, mas ainda não foi desta. Se bem que o assunto Adam Lambert e Sam Smith quase entra nessa categoria, verdade seja dita, que entre falar da importância das verbas europeias para a ciência ou de um romance entre dois homens homossexuais vai dar praticamente ao mesmo. É que nem a propósito, ainda ontem falava no American Idol e do RIP do programa, para todo o sempre (ou seja, até se lembrarem de fazer um remake, que será provavelmente depois da febre dos programas de cozinha acabarem) e a notícia vem mesmo a calhar, corroborando a ideia de que o programa fez realmente umas quantas figuras mundialmente conhecidas (se isso é bom ou mau fica ao vosso critério): O Adam Lambert não ganhou o programa, embora tivesse mesmo perto disso, o que não invalida que esteja aí a dar que falar e a fazer uns quantos álbuns orelhudos. A verdade é que ficar em segundo lugar não foi barreira que se colocasse a Lambert que, imagine-se, até vem cá por alturas do Rock In Rio (esse grande evento musical) substituir o insubstituível Freddie Mercury. Mas voltando atrás, o jornal de Notícias vinha com o titulo maroto: "Sam Smith e Adam Lambert namorados?". Pois que a pergunta é desde logo descabida porque o jornal estava fartinho de saber a resposta. Mas realmente se fosse verdade, era impensável! Dois homens homossexuais, terem uma relação?? o deboche total. O fim está perto. Que coisa estranha e nunca antes vista. Mas ó Jornal de "notícias", para quando uma verdadeira manchete, do género: Pedro Passos Coelho, António Costa e Paulo Portas apanhados num ménage?", ou "Teresa Guilherme é encontrada com seringa no braço a injetar doses de bom senso", ou ainda, "Manuel Luís Goucha abre sexshop exclusiva para travestis". Claro que depois os títulos não tinham nada a ver com o conteúdo... mas pelo menos eram notícia sumarentas, assim daquelas de fazer corar a Érica Fontes. (Juro que foi o último post fútil do mês)


Sem comentários:

Enviar um comentário