19.5.16

Melania Jura pela mãe que o marido não é o Hitler

Estou finalmente muito mais descansado. Era o que eu aguardava ouvir para poder ficar mais calmo, eu e sobretudo os americanos todos, pois claro. A Melania, mulher do querido Donald Trump veio afirmar, jurar a pés juntos, que o seu marido não é o Hitler e esta é a razão pela qual o mundo deve suspirar de alivio, ora que grande peso nos tiram dos ombros! Obrigado Melania. Eu acredito na sua sapiência, não vejo o porquê de querer defender alguém que nem lhe é assim tão próximo. Entretanto, calma, que ela diz mais: ele só quer ajudar a América! Não se vê logo que é essa a intenção dele? Quanto a banir todos os muçulmanos, para descansar a malta, diz que é só uma medida temporária. Pois deve ser temporária, sim senhor, até os enfiarem numas saunas giríssimas com um cheiro agradável, ou para ser mais prático umas pauladas na cabeça, que assim como assim, despacha-se logo a coisa e é tudo tão rápido que ninguém dá por nada. "ele quer reunir as pessoas", diz ela. Pois realmente o Hitler também nunca teve a ideia de reunir a malta toda e olha, afinal, reuniu-se tudo em amena cavaqueira. Ele foi judeus, ele foi homossexuais, ele foi crianças... tudo muito juntinho a tomar banho a vapor. Ela que não se ponha a pau que até ela vai para o chuveiro, a menos que pinte o cabelo de loiro e use umas lentes de contacto azuis, claro fica. (afinal lentes não precisa, mas vai precisar ir à Lúcia Piloto lá do sítio mudar a coloração).


Sem comentários:

Enviar um comentário