9.7.16

INSANITY

Para quem não faz a mínima ideia do que é, o Insanity é um programa de treino físico que, como o nome dá uma ajuda para perceber, quem pensa sequer praticar o dito, é alguém que por certo está a precisar de ser internado numa ala psiquiátrica, amarrado a um colete de forças, a dormir para se garantir que está quietinho. Eu decidi que, no verão passado, era algo que queria fazer. Dura dois meses mas é mesmo preciso muita força de vontade e, se tudo correr bem, não vamos desta para melhor. Confesso que andei completamente maluco com isto: não precisava de nada, a não ser a minha perseverança e água, muita água! Há outros programas, como o P90x, onde é preciso efetivamente outras coisas, como alteres ou uma barra Iron Gym e que, além do mais, demora mais tempo até ficar com o corpo de Adónis (Não é que eu não o tenha já, atenção). O meu objetivo era fazê-los todos à bruta, um a seguir ao outro (era um sonhador como Sócrates, quando queria o TGV). E depois, no fim desses dois, iria fazer ainda o Insanity Asylum para, no final, ir direitinho ao Hospital Júlio de Matos. Nos primeiros dias parece que levámos uma coça de um segurança do Main. Para verem bem eu tinha de levantar as pernas com as mãos para enfiar umas calças, mas a coisa vai ao lugar depois de umas duas semanas... Só podem descansar ao domingo, mas a quarta é ligeiramente mais calma, e por calma quer dizer que vão soar menos 2lt que nem uns animais, quando comparado aos outros dias. Fazer o Insanity significa que em menos de 10 minutos estamos todos molhados a mandar uns grunhidos de dor intensos. Vou-vos contar a tragédia que me aconteceu: lançado que ia, já no segundo mês, onde a carga de treino é maior e bem mais intensa (no inicio achava mesmo que ia ser impossível), mas a coisa estava a dar-se e faltava-me duas semanas para terminar, quando, inesperadamente, deixo de me conseguir mexer no meio de um exercicio. Pois foi, não só não me mexia como qualquer ligeiro movimento era uma dor insuportável de gritar a plenos pulmões. Rasgar um músculo nas costas, parece-vos bem? Segundo o doutor google foi isso que aconteceu.  Enfiar-me na banheira para tomar banho foi um tormento horrível, de tal forma que ponderei não tomar banho durante duas semanas. Deitar-me e levantar-me era um suplício. Sem exagerar demorava 5 minutos para me conseguir levantar da cama e a mover-me parecia um total inválido já ensopado em comprimidos. Tive de ir ao hospital, evidentemente, e depois disso ganhei um medo que nunca mais fiz grande coisa. Pronto, é esta a minha fatídica e trágica história. Já fizeram algum destes programas? Sobreviveram? O que acham do rabo do Sean T? Contem-me tudo e não me escondam nada. 


Sem comentários:

Enviar um comentário