5.7.16

São 3 da manhã e estou a delirar

É só para dizer que hoje é dia 5 e já só tenho menos de 300 euros na conta. Só não digo 290 para não ficar mais deprimido. Tem tudo a ver com a barreira psicológica. Tendo em conta que recebi o ordenado no dia 28 isto leva qualquer pessoa a deduzir que eu sou um consumista da pior espécie. Pois quem me dera ter esmifrado o dinheiro todo em coisas boas, tipo camisas e livros. Eu casava-me com uma camisa, em boa verdade. Se alguém se casou com o smartphone ainda na semana passada então não quero saber, eu posso efetivamente casar-me com uma bela camisa da Ralph Lauren. Pode ser aos quadrados, lisa, com riscas. Bonecos e bolas é que não, tenham paciência. Meti na cabeça que ia começar no ginásio este mês mas está complicado. Em todo o caso irei, como é óbvio, certo e sabido, direitinho ao Virgin Active! Porquê? Isso é evidente: uma pessoa entra no Virgin e só de fazer aquele percurso até e chegar à recepção equivale a duas horas de ginásio. Uma pessoa na verdade nem precisa chegar a entrar, fica-se por ali e está bom, pode voltar para trás. Com as voltas que se dá, já se foram umas 600 calorias à vontade. Entrar também poderia ser perigoso e é melhor não arriscar o feito, já que uma pessoa arrisca-se mesmo a não sair de lá com vida. Andam no Virgin? Conhecem a Sandra? Nada temam. Só precisam de levar uma kalashnikov ak 47, e nada vos acontecerá. Se ela calha a ter o vosso contacto telefónico, então, aí sim, podem temer o pior. Entretanto é óbvio que não ando no Virgin (64 euros?! O mais baratinho??), com sorte vou para o Pump e é para não acabar no ginásio 24 horas da Alameda. Tenho uma amiga que foi lá ver aquilo por dentro e, na recepção, mandaram-na esperar porque lhe tinham roubado o telemóvel. Não dá logo vontade de uma pessoa se inscrever? Entretanto, se me virem no Pump digam adeus. É fácil dar comigo: quando virem um tipo todo sarado e derem por vós a questionar o porquê daquele pedaço de mau caminho andar no ginásio... sou eu!!! Hoje o dia foi uma animação. A começar por ter dado com a empregada sentada na sanita da casa de banho, de porta aberta!!!! O mais estúpido? Ela ainda tentou, porém em vão, empurrar a porta mas já era tarde demais... já eu em negação lhe estava a falar como se nada fosse: "olhe, eu vou à cozinha, o chão está molhado, mas não se preocupe que eu depois passo com a esfregona, sim?" Ou seja aquele reflexo normal de virar a cara em pânico ou pedir desculpa, atrapalhado, simplesmente não aconteceu... Mais coisas... fui a uma loja de guitarras e meti-me a tocar numa fender Stratocaster encarnada! Quero tanto, mas tanto que estou a ponderar ir dar o corpo ao manifesto no Conde Redondo, alguém quer vir? O meu ordenado chorudo foi todo para propinas (umas três prestações em atraso, pois está claro) e a bela da renda da casa. Se alguém com posses me estiver a ler, ajudem-me financeiramente, por favor. É só mesmo para comprar coisas úteis, com um "F" no inicio da palavra.  


2 comentários:

  1. Não sei se a minha professora da primária concordaria consigo, mas obrigado, cara Lídia!

    ResponderEliminar