14.9.16

A gaja e o queijo

Eu preciso de desabafar. Não é que a gaja me tira os papeis do queijo e os manda para o chão, com o caixote do lixo a menos de 20 centímetros dela? Não são 20 metros, também não são 20km caraças, são 20 centímetros, se tanto! Como há duas gajas cá em casa tive de investigar quem seria. O que é que eu fiz? Como há dois frigoríficos e já desconfiava da gaja número 1. (cuja empregada Julinha diz que fuma charros na varanda do quarto, e que trabalha num escritório de advogados, mas tirou cinema... hmmmmm, suspeito). Se estudou cinema é certo e sabido que lhe entra de tudo pelo nariz e pela boca, até erva cidreira e coentros se for preciso se enrolam. Pois que comecei assim a minha aventura, numa de Sherlock Homes, pelo local do crime. Vai de abrir o frigorífico e desde logo é me possível constatar a presença de um pacote de fatias de queijo. Tiro um pedaço pequeno de uma fatia e, claro, vai de comer - calma, foi só mesmo em nome da investigação. No outro dia, não só essa fatia de queijo, cuidadosamente marcada pela minha pessoa, desapareceu, como mais dois papeis foram parar ao chão! E não apanho, e nem pensar pegar naquela porcaria que não é minha, e o raio que a parta... Quando dei por mim apanhei a merda dos papeis e segui com a minha vida em frente porque achei que tinha de equilibrar o meu karma. Depois não digam que eu não sou boa pessoa. 

Entretanto ja estão a chegar caloiros e, pior, com os pais atrelados. Há dois dias levanto-me do meu sono de beleza, estou a descer a escada e dou com um homem sentado no meu sofá a ver as Queridas Manhãs. Cumprimentei-o com um aperto de mão o que me faz crer que foi uma atitude próxima à que teria um Golden Retriever quando recebe um assaltante em casa. Fui para a cozinha, tomei o meu pequeno almoço e, quando volto, tenho também uma mulher alapada no nosso sofá de pele. Ora, já me estava a subir a mostarda ao nariz e pergunto, num tom áspero: "quem são vocês". Ficamos praticamente Bff's. Já sabiam o meu grupo sanguíneo e os últimos resultados das análises ao colesterol. Posto isto, ainda fiquei a conhecer o rapaz que vai para o quarto ao lado do meu e com quem vou partilhar a casa de banho. Começámos mal, com um cheiro na casa de banho que não se podia. É a tragédia, é o horror. Para melhorar a situação, vão me sair só cromos do Técnico. 


Sem comentários:

Enviar um comentário