5.2.17

Feijões Bertie Boot's em Lisboa!



A minha obsessão pelo Harry Potter atingiu proporções incontroláveis. Eu preciso de ajuda médica. Prova disso é que até já contaminei outras pessoas ao meu redor - isto é mais grave do que eu imaginava, pega-se! Não sei mais o que fazer, já pensei ficar de quarentena (no Warner Bros. Studio Tour, em Londres, claro). Mas também querem o quê? Agora até o Meo Arena vai exibir o primeiro filme com orquestra! Não estão a ajudar, pois não?... Desta vez descobri que há uma loja em Lisboa que vende os famigerados (para os verdadeiros fãs da saga), feijões da Bertie Bott's! Sim, aqueles com sabores inimagináveis... ele há sabor a cera de ouvidos, salsicha, vómito, sabão, ovos podres... claro que depois há uns comestíveis lá pelo meio, nomeadamente com sabor a algodão-doce, banana, canela, marshmallow...  Se há coisa que a J.K Roling é perita, é na imaginação com que construiu todos os pormenores do universo de Harry Potter. Muitos destes pormenores acabaram por se tornar merchandising. Os detalhes da trama são tantos que a autora soube construir na perfeição o universo mágico e, obviamente, retirar partido dele. Já há tudo à venda: varinhas mágicas, camisolas daquelas que a mãe de Ron (Molly Weasley) fez para o filho no natal, isto no primeiro livro de todos, Harry Potter e a Pedra Filosofal; cachecóis, sapos de chocolate e, depois, também há ainda cerveja de manteiga, e, imagine-se, uma empresa que envia as Hogwarts acceptance letters personalizadas para casa. Entretanto vou à falência, porque uma caixa de feijões de 25g, custou quase 4 euros!! Isto assim não pode continuar...


Sem comentários:

Enviar um comentário