17.3.17

Quão bom?

Eu elegia este vídeo como o vídeo do ano, e sim, só estamos em março. Ia rivalizar com o grande fail dos Óscares, e olhem que ia ser uma batalha renhida. Bem sei que já toda a gente viu isto, que entretanto ele já deu umas 30 entrevistas, que até a miúda já falou em público, que já de discutiu o poder do preconceito quando se falava da Asiática como sendo, por certo, diziam, a ama dos putos... O alcance deste tipo de situações é que acabam sempre em exageros, explorados por tudo o que é meio de comunicação, por todos os ângulos de abordagem possíveis e imaginários. Faz lembrar aquela história no Europeu de futebol, em que um miúdo português deu um abraço a um francês, e nisto não descansaram enquanto não reuniram os dois, e os trouxeram a Portugal, e tornaram o que tinha sido bonito, numa coisa que já ninguém conseguia ouvir falar. Faz lembrar também aquelas séries que não sabem quando acabar. Posto isto, e ignorando toda a informação em torno de polémicas, e o que é que eles comem e deixam de comer ao pequeno almoço... aqui fica algo genuinamente adorável! É só isto, sem artifícios, sem segundas leituras.  




Sem comentários:

Enviar um comentário