25.7.17

RIP Paint

Ainda ontem usei o Paint. Um gajo faz print-screen, cola no paint e está feito. Vai acontecer o mesmo que aconteceu ao rinoceronte negro do Oeste e ao MSN - a extinção. Vou ter saudades, mas espero que todas estas coisas sejam temporárias, assim em jeito do que aconteceu ao vinil, aos gira-discos, às cassetes. Ou até os all-stars, que volta e meia voltam e quando dou por mim estou com uns verde-menta. Ainda no ano passado, quase a arrancar os cabelos sem saber mexer no photoshop, o Paint foi o meu melhor amigo. Isto não é um adeus, é um até já.





                                                                               NME

Sem comentários:

Enviar um comentário